segunda-feira, 17 de julho de 2017

Orientação Vocacional ou Profissional?



Orientação Vocacional ou Profissional?


Parte 1

Vem comigo!

Sabemos que a escolha de uma profissão é considerada como único acontecimento na vida, e geralmente ocorre na adolescência ou no início da vida adulta, caminhando na “normalidade” da vida.

Também pode acontecer na terceira idade, melhor idade e com os idosos, hoje sabemos que o tempo e o mundo do trabalho está proporcionando melhor qualidade de vida para aqueles que desejam e sonham conquistar algo ou alguma coisa, quando o homem e uma  mulher decidem-se por uma ocupação.
Quase toda humanidade precisa tomar decisões quanto a uma vocação, tem muita importância e frequentemente difíceis na vida.

A orientação vocacional e profissional é muito importante porque a escolha da profissão determina em grande parte o sucesso financeiro da pessoa, seu padrão de vida, sucesso, bem estar emocional, sentimentos de auto-estima e quando não estamos satisfeito com o nosso trabalho odiamos o que fazemos e com certeza adoecemos.

Em vista dos grandes números de profissões, a escolha é bem difícil, a maioria das pessoas aprende através da experiência, a escolha da profissão quase nunca se limita a uma única vez na vida.

A partir do ensino médio e até mesmo antes, os indivíduos começam a pensar e tomar decisões para o trabalho.

As decisões vocacionais surgem sempre quando uma pessoa se candidata a um emprego, quando é demitida, quando reavalia sua carreira ou pensa na aposentadoria.

Para os religiosos, são influenciados pela crença  e valores que suas escolhas devem estar de acordo com a vontade de Deus e ficam esperando na “promessa” de Deus sem tomar alguma atitude ou não.

Pedindo licença aos religiosos, a Bíblia não tem escrito sobre Adão e Eva.  O que sabemos é que eles trabalhavam, comiam, dormiam, contraiu casamento. Inclusive foi lhe conferida tarefa de dar nomes a toda criaturas vivas e recebeu instruções para subjugar a terra e reinar sobre ela. Na história, depois da queda, Adão e Eva foram lançados “fora do jardim do Éden, a fim de lavrar a terra... em fadiga” com o suor do rosto.

Através da história da Bíblia aparecem outros exemplos:

Ø  Caim filho de Adão e Eva era lavrador.
Ø  Abel era pastor de ovelhas.
Ø  Noé construiu a arca e depois agricultor.
Ø  Abraão era um rico proprietário de gado.
Ø  Davi pastor, depois rei.

Na Bíblia aparecem as seguintes profissões, para homens e mulheres.
  • Profetas
  • Sacerdotes
  • Caçadores
  • Líderes políticos
  • Fabricantes de tendas
  • Pescadores
  • Vendedores,
  • Do lar
  • Carpinteiros etc.
Com as descrições acima, podemos entender que:

  • O trabalho é honrado e a preguiça é condenada
  • O trabalho deve ter descanso
  •  O trabalho deve ser de boa qualidade
  • O trabalho é peculiar e para o bem de todos
  • O trabalho é escolha de Deus.


Entendo que Deus tem um plano e tempo  para cada ser humano.
O trabalho do ORIENTADOR VOCACIONAL E PROFISSIONAL emprega ética e técnicas a fim de orientar as pessoas escolherem ou mudarem de carreira.

A orientação vocacional l ajuda as pessoas conhecerem seus perfis e suas áreas de interesse. Somente essas informações podem deixar o sujeito perdido.

A orientação profissional, para optar por determinada carreira é preciso ter conhecimento da mesma.

 
A orientação profissional é muito importante. Uma publicação de 2004 apontaram diversas razões pela quais pessoas se frustram em suas escolhas e procuram novas tentativas através da ORIENTAÇÃO VOCACIONAL e PROFISSIONAL.

Explico que uma orientação via internet com teste não vai solucionar qualquer tipo de problema, é preciso da ajuda de um profissional, no meu caso desenvolvo o trabalho através da psicopedagogia e psicanálise com víeis também na Gestalt terapia.

Adicionar legenda
Em que momento o indivíduo procura ajuda?

  • ü  Na insatisfação das escolhas profissionais realizadas
  • ü  Insegurança e medo diante de uma nova escolha
  • ü  Ter a certeza quanto à necessidade de ser auxiliado
  • ü  Aumentar o conhecimento de si mesmo, para uma análise da situação e tomada do processo decisório seguro.
  • ü  Aprender sobre outras possibilidades profissionais, uma complementação, avaliação em permanecer ou abandonar o curso e fazer novas escolhas.
  • ü  Dificuldade para aprender novas habilidades requeridas para o exercício da profissão
  • ü  Não obter conhecimento como se inserir no mercado de trabalho
  • ü  Dificuldade de exemplificar seu desejo de aprender e reprovação de algumas disciplinas como principal abandono do curso e na dificuldade da nova escolha profissional.


A avaliação psicopedagógica de um ser humano que deseja escolher sua vocação profissional, não pode ser medida por testes. Os testes isoladamente não são suficientes.

Trabalho com análise do contexto familiar nuclear e extensiva, comunidade, socioeconômico, político, legados, crenças, e outros aspectos do sujeito, através da observação e entrevistas.

A orientação deve ser um processo contínuo que envolve a todos e não somente aos Orientadores.

Kátia Rumbelsperger

Contatos:
(21)96885-8565 WhatsApp
(21)3248-5130

























Fecundação Os primeiros registro da matriz de todos os sentimentos de rejeição ou amor é vivido pelo ser humano, tem sua primeira experiência na FECUNDAÇÃO Por isso é necessário que a gestação seja regada de sentimentos de amor e acolhimento. Esse registro será determinante para que a pessoa apresente em sua vida características e comportamentos para toda sua vida.
Postar um comentário