domingo, 11 de setembro de 2016

PARA AMAR MUITO A LEITURA DESDE O VENTRE MATERNO.


João Lucas no ventre da mamãe Pâmela minha filha.
PARA AMAR MUITO A LEITURA DESDE O VENTRE MATERNO.


A LEITURA É MUITO IMPORTANTE PARA SEUS FILHOS(AS), ELA ESTREITA OS LAÇOS AFETIVOS, AMPLIA O VOCABULÁRIOS, MUNDO CRIATIVO, E DESENVOLVE O CÉREBRO (desenvolvimento COGNITIVO)


  • DURANTE A GRAVIDEZ: A partir do terceiro mês, o bebê já começa ouvir e você pode  contar histórias. Esse ato aumenta o vínculo entre MÃE , PAI e BEBÊ. Esse momento contribui para o futuro hábito da leitura e vai criando memórias na criança.

  • DE 0 A 2 ANOS: Nesse momento a ciência diz que o bebe ainda tem a VISÃO BORRADA. Embora não consiga enxergar os desenhos, isso não vai impedir que você leia para ele ou ela. Necessário escolher um horário e vá estabelecendo a rotina de contação de histórias, que deve ser para toda a primeira infância.

  • DE 3 A 5 MESES: 
Você deve ficar atenta ou atendo às reações do seu filho e vá virando as páginas no ritmo dele, e sempre de acordo com interesse da criança, nunca o SEU. 

Sempre aponte o dedo nas imagens e fale o nome do que se vê nelas.

Imite os sons que o bebe fizer sempre. Converse com ele sobre a história.

  • DE 6 A 12 MESES


Capriche na entonação e nas vozes dos personagens.

Se houver animais na história, diga os nomes e ensine os sons que eles fazem.
Permita que o próprio bebê vire as páginas - e ajude-o na tarefa, se for necessário.





  • DE 1 A 2 ANOS:
É preciso que a criança escolha o seu livro. 
Você precisa estar preparado para criança LER MAIS DE UMA VEZ A MESMA HISTÓRIA TODAS AS VEZES QUE ELA DESEJAR.

  • DE 2 A 4 ANOS:
Sempre faça perguntas sobre a história que leu. 

Compare sempre com a vida real e todas as experiências que a criança vivenciou.

Aproveite fale sobre sentimentos.

Brinque trocando palavras de propósito. 
Fale: 
"João e o pé de arroz" 
"o gatinho faz au-au", e perceba como seu filho ou filha reage.


Sempre valorize os comentários e perguntas que ele fizer, responda com a verdade. Quem pergunta deseja aprender.

Sempre deixe e permita que ele conte a história da sua própria maneira.

  • DE 4 A 6 ANOS:
Sempre leia as palavras que sejam desconhecidas. Não altere. Deixe ele perguntar o significado.

Sempre juntos contem suas histórias favoritas ( ou brinquem de criar história próprias) sempre em forma de teatro ou com fantoche.


Álbum de família.
Sempre apresente aos seus filhos e filhas fotos da parentela e da família nuclear, sempre falando o nome e apontando o dedo.
Exemplos:

Essa foto é do vovó Kátia, do vovô Paulo, titia Débora da bisavó Neuma ... conte a história de família. 



















Fecundação Os primeiros registro da matriz de todos os sentimentos de rejeição ou amor é vivido pelo ser humano, tem sua primeira experiência na FECUNDAÇÃO Por isso é necessário que a gestação seja regada de sentimentos de amor e acolhimento. Esse registro será determinante para que a pessoa apresente em sua vida características e comportamentos para toda sua vida.
Postar um comentário