domingo, 12 de abril de 2015

Funções da família: continuação.

Funções da família: continuação.

As diferenças no gau de estabilidade entre a família de outrora e a de hoje, em nosso tipo de sociedade, podem ser explicada, segundo Bogardus, pela ação conjunta dos seguintes fatos:

a) diminuição do espírito religioso e, consequentemente, decréscimo na autoridade da Igreja, (o casamento, considerado como um simples contrato, passa a admitir o divórcio);

b) incremento do individualismo, que orna instáveis quase todas as instituições sociais, visto que os desejos  e as opiniões individuais não se curvam ante as normas sociais;

c) alterações na vida econômica, que deslocaram para as fábricas os homens cujo trabalho até então era no lar ou próximo a ele;

d) emancipação a mulher e trabalho feminino fora do lar, que tem tido como efeito o abandono dos filhos e da residencia familiar, transformada em simples "dormitório" em muitos casos;

e) constituição de grandes fortunas, favorecendo o rebaixamento dos padrões morais, uma vez que os indivíduos com forte poderio econômico propendem a não temer as sanções sociais.

f) progresso da ciência, permitindo o controle da natalidade e incentivando a analise critica das instituições sociais. Isto leva a considerar a família como qualquer outra instituição, retirando-lhe o caráter de "instituição divina";

g) inquietude social de nossos dias, que ocasiona desajustamentos de personalidade, com reflexo no âmbito familiar.

h) instalação da família em casas de habitação coletiva, contra-indicadas para a criação de um verdadeiro lar;

i) aglomeração humana certas cidades, obrigando várias pessoas das famílias mais humildes a ocupar um único quarto, onde é impossível organizar uma legitima vida familiar;

j) difusão entre muitas famílias da classe media de padrões de vida típicos da alta classe:

l) casamentos tardios, motivados pelo desejo somente se constituir família quando se pode mante-la dentro de certos padrões de conforto;

m) decrescimento do número de filhos, sacrificando-os o prazer de possuí-los ao desejo de desfrutar a vida sem pesados encargos.

Continuarei o artigo.





Fecundação Os primeiros registro da matriz de todos os sentimentos de rejeição ou amor é vivido pelo ser humano, tem sua primeira experiência na FECUNDAÇÃO Por isso é necessário que a gestação seja regada de sentimentos de amor e acolhimento. Esse registro será determinante para que a pessoa apresente em sua vida características e comportamentos para toda sua vida.
Postar um comentário