quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

O Psicopedagogo na Beleza & Estética.



O Psicopedagogo na Beleza & Estética.

Muito se fala a respeito do profissional PSICOPEDAGOGO, mas poucas pessoas compreendem ou entendem o que nós profissionais fazemos.

O psicopedagogo é um profissional que trabalha para o auto-desenvolvimento de quem necessita de aprender. O psicopedagogo é um ensinante (treinador, orientador, conselheiro...)

Adicionar legenda
A área de estudo e de atuação da psicopedagogia diz respeito às questões e processos de aprendizagem. Portanto qualquer contexto de atuação humana, em qualquer idade, em que emergem questões de aprendizagem , seja na área de educação, saúde ou na família e organizações que lidam com empreendimento profissional, os estudos e atuação psicopedagógicas estão presentes. Portanto a Psicopedagogia Institucional ou Organizacional aprofunda-se na criação de condições de aprendizagem da organização, seja qual for a missão institucional, seus objetivos e metas. O papel da psicopedagogia empresarial diz respeito às criações de condições de aprendizagem dos profissionais integrantes desta instituição, levando em conta seus diferentes setores de atuação, sua missão e metas.               Eloisa Quadros Fagali

Então o psicopedagogo desenvolve melhores metodologias para preparar qualquer      SER HUMANO, promovendo novas diretrizes e perspectivas.
Nossa função é despertar, manter e estimular o desejo de todos e motivar pessoas focadas e organizadas, até que se conquistem os objetivos.

Aprender SER, FAZER, CONVIVER E CONHECER são palavras diretamente relacionada com o PSICOPEDAGOGO, são os quatros pilares da educação internacional que “acende luz, clareia” e liga o estado atual ao estado desejado, fazendo pontes entre as competências atuais e as expectativas de crescimento pessoal, familiar, profissional para o TER DESEJADO.

O processo do trabalho é realizado quando necessitamos de aprimoramento e treinamento, quando desejamos mudanças na CARREIRA PROFISSIONAL, NA FAMÍLIA, NA VIDA ESPIRITUAL ou NO ÂMBITO PESSOAL. 

Também quando sentimos dificuldades de relacionamento, comunicação ou desempenho.

Para alcançarmos esses resultados, algumas deficiências e habilidades precisam ser treinadas, orientadas e corrigidas:

ü  COMUNICAÇÃO.
ü  EQUILÍBRIO, EMPATIA#SIMPATIA.
ü  COMPORTAMENTOS.
ü  APRENDER LIDAR COM NOVOS DESAFIOS.
ü  DESENVOLVER A AUTOESTIMA PARA CHEGAR AS REALIZAÇÕES.
ü  APRENDER LIDAR COM OS OBSTÁCULOS.
ü  DAR E RECEBER FEED-BACK.
ü  TRANSFORMAR COMPORTAMENTOS E HÁBITOS.
ü  TRABALHAR EM EQUIPE.
ü  FAZER OU ENCAMINHAR PESSOAS A RESULTADOS DESAFIANTES.
ü  ESTIMULAR PESSOAS A ULTRAPASSAR SEUS LIMITES.
ü  APRENDER CONVIVER COM O OUTRO.
ü  APRENDER CONHECER.
ü  APRENDER A FAZER.
ü  APRENDER SER (VALORIZAÇÃO DA PRÓPRIO EU#DO EGOCENTRISMO).
ü  LIDAR COM A PERFEIÇÃO # DO PERFECCIONISMO (DOENÇA).
ü  VALORIZAÇÃO DO CORPO – ORGANISMO.

O treinamento acontece por encontros (sessões) periódicos do atendimento individual e coletivo (equipe) que podem ser semanais, quinzenais ou mensais.

Para o aprendizado acontecer são necessários o aprendente (colaborador) e o ensinante (empreendedor).

São necessários a relação de confiança, responsabilidade consciente entre o psicopedagogo e o aprendente.  Sem esses itens o trabalho não se desenvolve. É aquela famosa “química” precisa acontecer entre o ensinante e aprendente.

Fica uma pergunta “EU PRECISO DE UM PSICOPEDAGOGO”? Sim, nós seres humanos precisamos!

O psicopedagogo vai construir possibilidades de INTERDEPENDÊNCIA na equipe.

O psicopedagogo promove uma mudança interna e externa, permite fazer uma “viagem” interna, onde os medos, inseguranças e pensamentos negativos são retirados de dentro para fora.

Nós profissionais fazemos uma verdadeira “faxina” pessoal e coletiva. Dessa forma despertamos nos indivíduos a função do despertar que acontece, favorecendo o aprendizado.  Assim, o SUCESSO DEPENDE DE NÓS.

Nesse processo os seres humanos descobrem que são capazes de diversas coisas boas que não imaginamos e assim caminham para querer FAZER MELHOR para TER.

O nosso compromisso como psicopedagogos é com a aprendizagem do homem em diferentes contextos, e formas de atuações, não se fixando apenas na aprendizagem formal escolar, apesar de que esta seja fundamental para as bases do desenvolvimento humano. Ampliem, portanto suas concepções sobre homem e aprendiz, levando em conta o compromisso com a aprendizagem humana e suas diferenças, sem perder de vista que aprendizagem se desloca para diferentes contextos de atuações humanas:

• Valorizar a aprendizagem individual e suas diferenças, dando ênfase também a aprendizagem social, a construção coletiva, pois o homem é por natureza um ser social, como enfatiza Pichon Rivière.
 
• Precisamos ficar atentos às diferentes formas de atuar e às múltiplas capacidades de pensar, levando em conta as diferentes faces do homem. Como Edgar Morin nos adverte, a nosso foco de reflexões e atuações é contribuir para uma aprendizagem que integra, evitando o isolamento e fragmentação do homem, do conhecimento e do trabalho.
Eloisa Quadros Fagali

Kátia Barbosa Rumbelsperger.























Fecundação Os primeiros registro da matriz de todos os sentimentos de rejeição ou amor é vivido pelo ser humano, tem sua primeira experiência na FECUNDAÇÃO Por isso é necessário que a gestação seja regada de sentimentos de amor e acolhimento. Esse registro será determinante para que a pessoa apresente em sua vida características e comportamentos para toda sua vida.
Postar um comentário