quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Providencias para a dentição do seus filhos e amigos.



AMIGOS QUAIS AS ATITUDES TOMAR QUANDO NOSSAS CRIANÇAS QUEBRA UM DENTE OU PERDE.


Amigos não sou profissional DENTISTA, sou terapeuta e me sinto na responsabilidade de procurar informações que venham orientar meus amigos, clientes e pacientes.

Atendo diversas famílias preocupadas com as perdas de dentes de seus amados e resolvi tranquiliza-los.



Informações adquiridas de alguns dentistas amigos.

A boca por ser uma região com muita irrigação sanguínea, sangra com intensidade ao sofrer um machucado.

Os pais ou outros cuidadores não devem assustar as crianças ou jovens, sim, acalma-los. Os responsáveis ou cuidadores não devem ficar desesperados.

Devem ficar calmos mesmo que a pancada atinja somente o dente de leite, sempre é fundamental  levá-la ao dentista o mais rápido que possível para assim evitar o comprometimento do desenvolvimento da dentição.

Os primeiros 
dentes decíduos, mais conhecidos como dente de leite, começam a nascer entre os 5 e os 6 meses de vida do bebê.


Essa dentição primária se completa até aos 3 anos. Por volta dos 6 anos de idade tem início a troca por dentes.


Aos 11, 12 anos a criança ja tem os 28 dentes permanentes.


A partir dos 18 anos, é possível o nascimento de 4 dentes sisos, quando a arcada dentária completa os 32 dentes.






Em caso de queda com fratura parcial ou total de um dente decíduo ou permanente, a criança deve ser levada logo ao dentista. 

Mesmo cortes na gengiva ou lesões que parecem menores devem ser investigados, porque podem ter causado fratura ósseas importantes ou danos permanentes.

Lembrem-se: APÓS A PANCADA DEVE SER LAVADO O LOCAL COM ÁGUA CORRENTE - JAMAIS USE OUTRO PRODUTO. UM PEDAÇO DE GAZE OU PANO LIMPO AJUDAR A ESTANCAR O SANGUE - NUNCA ALGODÃO.

Ao bater a boca, o dente de leite pode entrar na gengiva e atingir o germe do dente permanente ainda em formação. Se isso acontecer, o dentista deve fazer só o acompanhamento radiográfico, pois, geralmente, e com o passar do tempo, o dente retorna à posição natural.

Quando ocorre fratura parcial dos dentes de leite, a restauração é realizada com resina composta.  

Se o trauma leva à perda total do dente de leite, não se faz reimplante no local, pois pode causar dano ao germe do dente permanente.


 Em qualquer fratura, o dentista deve verificar, por meio de raios X, se o nervo do dente de leite foi atingido. Caso tenha sido, haverá necessidade de tratamento do canal, procedimento que não prejudica a dentição permanente; ao contrário auxilia na manutenção do dente de leite até o momento da troca por um definitivo.

O tempo de permanência adequado dos dentes de leite na boca é fundamental para a correta erupção dos dentes permanentes, que guiam seu trajeto pelas raízes dos dentes de leite.

A perda prematura de um desses dentes, portanto, pode dificultar o nascimento do permanente de duas maneiras: a gengiva da região  pode tornar-se fibrosa pela mastigação e dificultar o rompimento do permanente.

Nesse caso, o dentista pode intervir por meio de um corte no local. 

Outro problema é que a falta do dente de leite pode levar à perda de espaço pela movimentação dos dentes vizinhos.

Isso é evitado com o uso de um aparelho mantenedor de espaço.

Quando a queda atinge um dente permanente, os cuidados são maiores. se caiu um pedação do dente ou ele inteiro e com raiz, deve ser limpado em água corrente, sem escovação e sem tocar na raiz. Em seguida, colocado em soro fisiológico, leite ou na saliva da criança ou dos pais, para não desidratar-se.

Deve-se, então, levar logo o dente ao dentista para que tende reimplantá-lo.

Fraturas pequenas podem ser restauradas com resina. 

Quando o fragmento é maior e foi preservado, existe a possibilidade de colá-lo.

Caso o pedaço tenha se perdido, reconstrói-se com uso de resina. Por último, na perda definitiva de um ou mais dentes permanentes ser feito implante dentário. 

Mas esse procedimento só poderá ser realizado depois de terminada a fase de crescimento. 

Até lá, o menor utilizará uma prótese provisória. Uma maneira de tentar evitar todos esses aborrecimentos, enfim, é fazer  com que a criança use um protetor bucal sempre que for praticar algum esporte ou atividade com risco de quedas ou pancadas.





Bibliografia:
claudia@perfectuodontologia.com.br
amigos dentistas.


















Fecundação Os primeiros registro da matriz de todos os sentimentos de rejeição ou amor é vivido pelo ser humano, tem sua primeira experiência na FECUNDAÇÃO Por isso é necessário que a gestação seja regada de sentimentos de amor e acolhimento. Esse registro será determinante para que a pessoa apresente em sua vida características e comportamentos para toda sua vida.

Postar um comentário