terça-feira, 2 de abril de 2013

PARADIGMAS


PARADIGMAS
 

Pai: Se ambos falássemos logicamente todo o tempo, não chegaríamos nunca a lugar algum. Somente repetiríamos os velhos clichês que todo o mundo vem repetindo durante séculos.


Filha: O que é um clichê, papai?            
 

Pai: Um clichê? É uma palavra francesa e creio que, originariamente, um termo de tipógrafos. Quando imprimem uma frase, devem escolher as letras soltas e pô-las uma a uma em uma espécie de madeira acanalada para compor assim a frase. Porém, para aquelas palavras e frases que a gente usa com freqüência, o impressor conserva conjuntos de tipos já compostos. E essas frases já feitas chamam-se clichês.

 
Filha: Mas agora esqueci o que dizias sobre os clichês, papai.


Pai: Sim, era a respeito dos embrulhos a que chegamos durante estas conversas, e como chegar a confusos tem certo sentido. Se não caíssemos em embrulhos, nossas conversas seriam como jogar o rummy* sem embaralhar as cartas primeiras.
 

Filha: Sim, papai, mas o que acontece com estas coisas, esses conjuntos de tipos já feitos?

Pai: Os clichês? Sim, é a mesma coisa. Todos nós temos montes de frases e idéias feitas, e o impressor tem conjuntos de letras já armados, todos ordenados em frases. Porém, se o impressor quer imprimir algo novo, digamos, algo em um idioma diferente, tem que desarmar todos os conjuntos velhos de letras. Da mesma maneira, para pensar novas idéias ou dizer coisas novas, tem que desarmar nossas idéias feitas e misturar as peças.

(Gregory Bateson)

 
*Nota do Revisor: “Rummy” é um jogo de cartas de origem israelita.

 

Fecundação Os primeiros registro da matriz de todos os sentimentos de rejeição ou amor é vivido pelo ser humano, tem sua primeira experiência na FECUNDAÇÃO Por isso é necessário que a gestação seja regada de sentimentos de amor e acolhimento. Esse registro será determinante para que a pessoa apresente em sua vida características e comportamentos para toda sua vida.
Postar um comentário